POLICIA CIVIL ESTA FAZENDO PAPEL DE JUSTIÇA NOS GARIMPOS

Novamente chegou ao conhecimento deste Blog denuncia de ação da Policia Civil de Itaituba em áreas de garimpo, determinando a imediata retirada de antigos garimpeiros para manter na área grileiro. A denuncia foi feita a este blog pelo garimpeiro RONALDO NOGUEIRA TORRES, que em 1991 comprou uma área de garimpo nas margens do Rio Surubim, local conhecido por Garimpo do Aconsoado e que vem trabalhando ali juntamente com mais outros amigos garimpeiros.

Ronaldo disse que no dia 10 Dezembro ultimo, apareceu no garimpo o Delegado de Policia Civil de Itaituba, Kleber Pascoal, que ordenou a retirada dos garimpeiros, alegando que a área é de propriedade de Nelson Selzler, empresário em Moraes Almeida, conhecido por Jango. Ronaldo não estava no loca no momento, mas seus amigos, 12 garimpeiros foram retirados na marra do garimpo e estão com medo de retornarem.

O garimpeiro que trabalha há anos naquele garimpo mostrou documentos da legalização da sua atividade. Ele possui Aptidão expedida no dia 25/04/2012 pelo DNPM, Protocolo nº 850.917/2010. A Aptidão foi expedida após a apresentação da documentação  requerendo a Licença de Operação –L.O nº 012/24493 junto a SEMA do Estado.  A área documentada tem 27,53 hectares e o empresário NELSON está querendo tomar na força o garimpo de Ronaldo Torres, inclusive ameaçando os mesmos de morte.
Ronaldo, inclusive mostrou a este Blog uma intimação expedida pelo delegado Kleber Pascoal convocando o garimpeiro a comparecer no dia 16 próximo na delegacia de policia  para prestar esclarecimentos de interesse da justiça. O que contesta o garimpeiro. Primeiro que não deve nada a justiça, inclusive nunca usou arma nenhuma e não sabe os motivos da intimação. Acredita que pode ser uma armação para acusa-lo de algum crime fabricado para tomar o garimpo.
Outra denuncia grave foi feita pelo garimpeiro Paulo Rodrigues, que também foi retirado na marra do garimpo. Ele disse que o empresário Jango anda propalando na área que vai dar para o delegado R$ 80.000,00 para assumir o garimpo. Esta denuncia foi formulada através de documento encaminhado pelo garimpeiro Paulo Rodrigues, que também narra o fato e pede providencias das autoridades.
Os garimpeiros que se sentem injustiçados e ameaçados vão denunciar a ação do delegado KLEBER PASCOAL na Corregedoria de Policia Civil do Estado, ao Secretario de Segurança Pública do Estado, a Policia Federal, ao Ministério Público e ao Governador do Estado, Simão Jatene.

Virou rotina esta ação da policia civil de Itaituba em interferir em problemas de garimpo ou então apreender ouro. Recentemente a policia civil prendeu o empresário garimpeiro Joaquim Carlos Lima e apreendeu o ouro. Numa outra operação desastrosa uma diligencia da policia esteve na região do garimpo do Marupá e apreendeu ouro de uma mulher que denunciou o caso a imprensa.

Postar um comentário

0 Comentários