RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 19 de abril de 2018

ICMBIO acusado de perseguir colonos na Nova Integração, em Itaituba.


Colonos foram até à Câmara de Itaituba pedir apoio para permanecerem no local.

O plenário da Câmara de Itaituba na manhã de quarta-feira (18) ficou lotado de colonos que moram há anos na comunidade da Nova Integração, nas proximidades do Parque Nacional da Amazônia. Eles foram reivindicar a permanência na área, uma vez que agentes do ICMBIO estão notificando para saírem do local, assim como também ameaçando destruir seus barracos e a lavoura.


Vereador Peninha saiu em defesa dos colonos e pediu audiência para dia 03 de maio
O vereador Peninha, que defende os colonos, disse no plenário da Câmara, que precisa ser resolvido este conflito, pois há anos se discute esta questão e até hoje não se tem uma solução. Inclusive, o parlamentar lembrou que no Governo Dilma Rousseff foi realizada uma audiência pública no Parque Agropecuário de Itaituba, com milhares de colonos que trabalham ao entorno do Parque Nacional da Amazônia, com a presença de representantes do Governo Federal, que se comprometeram a dar uma solução ao problema. “O tempo passou e até hoje, nada foi resolvido e o conflito volta novamente”, destacou Peninha.
“Está na hora do Governo resolver. Têm famílias que estão trabalhando há mais de 17 anos naquela área e não tem para onde ir. Pelo mapa que vi, as famílias de colonos não estão dentro da área do Parque, mas sim nas proximidades, que é conhecida como entorno da Unidade de Conservação”, disse Peninha.
Para debater o assunto e tentar encontrar uma solução, antes que haja o conflito, o Vereador marcou uma reunião de trabalho entre os colonos e os órgãos. Vão ser convidados o IBAMA, ICMBIO, INCRA, TERRA LEGAL e Procurador do Ministério Público Federal para participar desta reunião no dia 3 de maio, na Câmara Municipal de Itaituba.

Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário