RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 2 de março de 2017

BANCOS CONTINUAM HUMILHANDO CLIENTES EM ITAITUBA


Enquanto não for tomada uma atitude firme pelo município, PROCON e Ministério Publico, as agencias bancarias em Itaituba vão continuar humilhando os clientes. Quem denunciou foi o vereador Peninha em entrevista coletiva a imprensa nesta quarta feira. O vereador disse que está cansando de denunciar para a Prefeitura e ao Ministério Publico esta falta de respeito dos bancos com seus clientes em Itaituba. Disse o edil, que existe uma lei municipal de sua autoria que determina o prazo de atendimento dos bancos aos clientes nos dias uteis, mas os bancos não cumprem e o município não multa este péssimo atendimento.

Outro fato, levantado pelo vereador Peninha foi com relação aos funcionamento dos caixas eletrônicos nos finais de semanas e feriados. O vereador disse que já virou rotina este péssimo atendimento, principalmente pelas agencias do Bradesco e Banco do Brasil. Lembrou Peninha que varias reuniões já foram feitas entre a Câmara de Vereadores e os representantes dos bancos e nada melhorou, pelo contrario, piorou. Os gerentes dos bancos só falam no caixa eletrônico 24 horas que será instalado em Itaituba, mas isto até hoje, já se passaram anos e não foi instalado nenhum e os serviços continuam de péssima qualidade, destacou Peninha.
O problema se agrava no final do mês, quando o município transfere para o Bradesco a folha de pagamento dos servidores. Os pagamentos começam a ser feitos com os caixas funcionando normalmente, mas em poucas horas, os caixas começam a ficar sem dinheiro e a gerencia não se preocupa em reabastecer estes caixas. Começa a revolta dos clientes, principalmente dos funcionários do município, que passam constrangimento no momento de sacar, já que não tem dinheiro nos caixas. O pior, lembrou Peninha, o banco não dá nenhuma satisfação ao usuário.
O vereador também frisou que o Banco Bradesco possui um convenio com o Município de Itaituba para atender a folha de pagamento dos servidores municipais. Neste convenio o banco é obrigado a atender com decência e qualidade os servidores, mas isto não acontece, mesmo cobrando as maiores taxas de mercado por este serviço prestado aos servidores municipais. Isto já é um grande motivo para que o município possa rescindir este convenio vergonhoso que a ex-prefeita Eliene Nunes assinou com o Bradesco, que do meu conhecimento, o município nada ganhou com a venda desta folha para o Bradesco, continuou Peninha.

Finalizando, disse Peninha “os bancos não estão fazendo nenhum favor, pois tudo o que fazem por nós clientes pagamos” por isso vou acionar esta semana o PROCON para tomar as providencias, pois do jeito que está não podemos aceitar. Vou cobrar também do setor de tributos da prefeitura o cumprimento da Lei e caso os bancos não cumpram, que sejam multados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário