RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

CÂMARA REALIZA AUDIENCIA PARA DEBATER A VIOLENCIA DO TRÂNSITO EM ITAITUBA

Durante mais de cinco horas, autoridades, representantes de entidades e segmentos da sociedade discutiram na Câmara Municipal de Itaituba a violência no trânsito em Itaituba. A audiência publica foi presidida pelo vereador Peninha, autor do pedido e contou com a presença de varias autoridades, entre elas a Promotora de Justiça Daliana Monique Souza Viana; Tenente Coronel Roberto Silva-Comandante do CPR X; Tenente Coronel Ney Tito da Silva Azevedo; Inspetor Wendell, Representante da Policia Rodoviária Federal; João Paxiuba, Coordenador da COMTRI;  Zedequias Carlos de Melo, Diretor do Detran; Thiago da Silva Reis, Presidente da Agedetran; Dr Jairo Araújo, Representante da OAB; Naya Fonseca, Procuradora do Município;  Tenente Coronel Anderson Mardock, além de representantes de sindicatos e cooperativas de taxistas e moto taxistas.


O Presidente da audiência, vereador Peninha, fez uma explanação sobre os motivos da reunião. Destacou o alto índice de acidentes de trânsito em Itaituba. Disse que em 2015, mais de 42 duas pessoas morreram vitimas de acidentes de trânsito em Itaituba e este ano, em apenas dois meses, já morreram 12 pessoas. Peninha chegou a dizer que este ano, em cada 5 dias, morre uma pessoa vitima de acidente de trânsito em Itaituba. A maioria destes acidentes, estão ocorrendo na Rodovia Transamazônica, trecho Itaituba-Jacareacanga. Hoje, a transamazônica e conhecida por Rodovia da Morte.

O que mais chamou a atenção dos presentes na audiência publica, foi a revelação feita pelo diretor do Detran, Zedequias  Melo. Ele disse que os agentes de trânsito do Detran hoje só fazem multar, não podem apreender o veiculo, porque o órgão não possui pátio, assim como também carro guincho legalizado junto a instituição.

Para o vereador Peninha, esta omissão do Detran significa irresponsabilidade, porque como vamos combater a violência no trânsito se o veiculo que for encontrado trafegando irregular, apenas é multado e continua trafegando. O Detran, que arrecada milhões tem que arrumar um pátio e recolher os veículos irregulares, afirmou o edil, que pediu ao Ministério Publico providencias junto ao Detran para que possa agilizar o funcionamento de um pátio aqui em Itaituba. Hoje, esta quantidade de carros irregulares  estão circulando, tem o aval do Detran, já que multa, mas não recolhe os veículos.

Após a audiência, disse Peninha, tomei conhecimento extra-oficial, que nossa reunião já tinha surtido efeito. O Detran comunicou que esta semana representantes da empresas responsável pelos carros guincho e pátios virá a Itaituba para remover todos os veículos do pátio de Itaituba para o pátio do Detran em Santarém.
Isto não resolve nosso problema. É descobri um santo para cobrir o outro. O Detran tem que arrumar uma pátio aqui mesmo em Itaituba e a empresa tem manter veículos guincho aqui. Isto vai criar um outro problema, alegou Peninha.
Geovan Lucena, taxista, denunciou o Detran em atrasar a emissão dos documentos dos veículos. Disse que fazem 6 meses que pagou a regularização do documento do seu carro e até hoje não foi emitido Certificado de Registro de Licenciamento de Veiculo-CRLV de 2015. Já foi renovar 2016 e o documento de 2015 continua atrasado.

Edilson Rodrigues, Representante dos Despachantes, denunciou o limite da quantidade de lacres que o Detran usa diariamente. São apenas 30 lacres por dia, mas o diretor do Detran, Ezedequias Melo respondeu que partir de amanhã, dia 1º de Março, não haverá mais um numero limitado de lacres. Quantos veículos forem necessário lacrarem o órgão vai fazer.
A Promotora de Justiça, Daliana Monique Souza, disse que está a disposição dos órgãos para combater a violência no trânsito e garantiu que não vai permitir que haja interferência de terceiros na ação dos órgãos no combate as irregularidades. Caso tenha alguém interferindo no trabalho dos órgãos, que denunciem ao MP. Disse que também esta a disposição da população. Caso tenha alguém para fazer alguma denuncia, basta procurar o MP que vamos tomar as providencias. Disse “temos que ser provocada”.
Para o Tenente Coronel Tito, representante do Corpo de Bombeiro, temos que agir com rigor urgentemente. Temos que ser mais rigorosos no combate a estas irregularidades. Fazer campanhas de educação de trânsito é importante, mas agora é hora de irmos pra rua fiscalizar, frisou o bombeiro. Ele mostrou dados assustadores  de acidentes de trânsito em Itaituba. Disse que a violência no trânsito extrapolou os limites. Vejam bem, destacou o Tenente Coronel Tito, até nós fomos vitimas deste transito louco. Temos duas ambulâncias e hoje nenhuma funciona. Outro dia estávamos socorrendo um vitima do trânsito, quando nosso pessoal socorria, veio um irresponsável e quase mata nossos bombeiros. Bateu nossa ambulância que para voltar a funcionar vamos gastar mais de R$ 15.000,00, revelou Tito.

O representante da Policia Rodoviária Federal, Inspetor Wendell, disse que no momento não adianta iludir ninguém de que a Rodoviária vai implantar uma unidade aqui em Itaituba. O que podemos fazer é um trabalho em conjunto com os demais órgãos para combatermos esta violência que existe hoje aqui em Itaituba. O que está prevista para o futuro é implantar uma delegacia em Campo Verde.
O coordenador da COMTRI, João Paxiuba, disse que ainda não cumpriu as leis municipais que organiza o trânsito na Avenida Getúlio Vargas e na Hugo de Mendonça. Mas, que está aguardando a confecção das placas, para após fixar, fazer o cumprimento destas leis.
Os vereadores Isaac Dias, João Paulo, Iamax Aguiar e Maria Almeida, também se pronunciaram e defenderam uma fiscalização mais rigorosa no trânsito de Itaituba.
No final da audiência ficou definido que os órgãos vão se reunir para definir uma programação no combate a violência no trânsito de Itaituba. Entre elas: enviar oficio a superintendência da Policia Rodoviária Federal pedindo a atuação da PRF na rodovia Transamazônica; Oficio a Procuradoria do Ministério Publico, para interpelar judicial o DNIT a implantar lombadas eletrônica neste trecho urbano da Transamazônica; encaminhar oficio ao Detran, solicitando o aumento do contingente de agentes de trânsito em Itaituba (hoje apenas 15 trabalham em Itaituba); oficio a prefeita
solicitando a convocação ou a realização de concurso publico de novos agentes (hoje o município possui apenas 23 agentes); legalização do guincho e do pátio do município junto ao Detran; oficio ao Secretario Municipal de Meio Ambiente solicitando a apreensão de equipamentos de som que causam poluição sonora na cidade (principalmente nos finais de semana na orla);oficio a prefeita municipal solicitando estudos para o funcionamento de um novo porto para o embarque e desembarque de carretas e caminhões tanques, retirando assim do porto da balsa estes veículos pesados. Também será enviado oficio ao Conselho Tutelar solicitando que façam visitas nas escolas publicas e particulares e comunique aos diretores da proibição de menores irem para a escola dirigindo carro e moto, assim como pessoaos não habilitadas.

Os orgãos vão se reunir para discutir uma programação mais rigorosa para combater a violência no transito de nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário