RIO TAPAJÓS

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

PENINHA CRITICA ATAP POR NÃO CUMPRIR COMPROMISSOS

Vereador Peninha cobra da ATAP, que honre seus compromissos 
Técnicos da ATAP-Associação dos Terminais Portuários e das Estações de Transbordo de Cargas da Hidrovia Tapajós, estiveram reunidos em Miritituba com moradores, representantes da Prefeitura Municipal de Itaituba e os vereadores Celia Martins e Peninha. Na ocasião, os técnicos apresentaram a prestação de contas das atividades desenvolvidas na área nos últimos meses, como contrapartida dos empreendimentos que estão sendo executados na Vila de Miritituba.
O vereador Peninha criticou a ATAP de não está cumprindo os compromissos acordados no convênio nº 008/2013. O edil disse que desde que assumiu o mandato em 2014, solicitou a copia deste convênio, mas que somente no final do  referido ano recebeu copia e então passou a cobrar da associação as condicionantes.

Para Peninha, o convênio foi elaborado e assinado entre quatro paredes, não tendo sido discutido com a comunidade. ‘Tudo o que consta neste convênio foi proposta apenas da prefeitura” afirmou o edil. A comunidade até hoje desconhece o conteúdo deste convênio e somente agora, mais de dois anos depois é que os moradores de Miritituba estão tendo conhecimento dos compromissos que a ATAP assumiu com o município.
O vereador Peninha, disse que o município e os moradores de Miritituba não tem porque estarem se humilhando para a ATAP cumprir os compromissos. O município tem o instrumento mais eficaz para que a ATAP possa cumprir os compromissos. Procurar a Justiça ou então suspender todas a licenças municipais para o funcionamentos dos portos em Miritituba. “A ATAP, não está fazendo favor e sim cumprindo seus compromisso assumidos, de que quando chegou aqui fez muitas promessas e que pouco ou quase nada cumpriu”, lembrou o edil. Até mesmo a alimentação das crianças que frequentam o CRAS em Miritituba, a ATAP  há dois meses não fornece e por isso as atividades estão paradas.
Manifestação pede o CRAS de volta
“Se agora, nós não agirmos, os portos vão funcionar e vamos apenas ver centenas de carretas trafegando e balsas passando e não para melhorar a qualidade de vida da nossa população foi feito pelos empresários”. Entendo, afirmou Peninha que os empresários não são obrigados a fazerem o papel do poder publico, mas pelo menos cumprir o que se comprometeram que é isto que estamos cobrando.
Peninha revoltado, destacou que o único compromisso de maior relevância naquela comunidade que a ATAP assumiu foi a implantação do micro sistema de agua, mas que somente no mês de setembro ultimo começaram as obras. A ATAP, agora, alega que vai apenas captar e tratar a agua. Quem vai construir a rede de distribuição é o município. Entretanto, lembrou o vereador, que no convênio, entre o município e a ATAP, a associação assumiu inclusive a distribuição de agua para 15 mil famílias.
Encerrando suas palavras, o vereador Peninha afirmou que não acredita mais na ATAP, pois varias reuniões já foram feitas e até agora pouco ou quase nada dos compromissos assumidas foram cumpridos. Deu como sugestão, para o município acionar na justiça a associação para cumprir as condicionantes constantes no convênio.

O que se percebeu durante a reunião é a revolta dos moradores de Miritituba. Hoje, a população tem consciência de que a comunidade não ganhou nada da contrapartida das empresas, apenas as mazelas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário