RIO TAPAJÓS

domingo, 4 de outubro de 2015

GRUPO CARAMURU VAI CONSTRUIR PORTO EM ITAITUBA

O Grupo Caramuru, conhecido pela fabricação dos produtos SINHÁ, está chegando a Itaituba pra montar um porto de transbordo para exportar farelo de soja (RAÇÃO PARA PEIXE)

A empresa protocolou na SEMMAP do Município de Itaituba, no dia 16 de Setembro deste ano, o  requerimento solicitando Licença previa para construção de seu porto no Km 28, sentido Itaituba-Jacareacanga. A Área adquirida pela empresa tem 3 hectares.
A empresa vai investir neste empreendimento em torno de R$ 12.000.000,00 e a previsão é de o porto exportar mensalmente 16 mil toneladas de farelo. Segundo uma fonte do grupo, não haverá poluição ambiental e nem congestionamento no trafego de veículos.
Segundo Cesar Borges, vice presidente da Caramuru, o projeto em curso deverá absorver investimento de R$ 45 milhões, porque além do porto em Itaituba, será construído um outro porto em Santana, no Amapá. A previsão é que estes portos estejam concluídos em 2016 e trata-se do principal investimento da empresa em 2015.
A previsão, é que diariamente 14 carretas embarquem em uma balsa própria em Miritituba e se desloquem até o porto nas margens esquerda do Rio Tapajós, em um dos portos localizado na estrada do BIS e de lá as carretas vão rodando até o Km 28, sentido Itaituba-Jacareacanga, desembarcando o produto nas balsas que vão transportar o farelo para os navios de grande calado, que por sua vez vão levar esta ração de peixe para Europa.
Este farelo (ração de peixe) é produzido da soja, na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, onde fica a fabrica do grupo Caramuru. A exportação deste produto será para criadores especificamente de Salmão na Europa.
O vereador Peninha em contato com o Secretario Municipal de Meio Ambiente de Itaituba, Hilário Nascimento, foi informado que a empresa já deu entrada no pedido de licença Previa junto a SEMMAP. O secretario disse  que todo projeto que propicia impacto ambiental municipal, é de competência  do município em licenciar, por isto, a SEMMAP é a responsável pela legalização da construção deste porto em Itaituba.
O vereador Peninha pediu pra que após a liberação da Licença Previa, seja marcada a audiência publica para que seja discutido o projeto com a comunidade do Km 28,  Boa Vista do Tapajós. Peninha que a contrapartida da empresa em beneficio daquela comunidade.
Outra preocupação do vereador Peninha, que foi apresentada ao Secretario, é com relação à movimentação de carretas dentro da zona urbana (nas ruas da cidade). O edil sugeriu que seja construída uma área de desembarque das carretas nas mediações do próprio porto e não nos portos da estrada do Bis, pois se isto acontecer haverá movimentação de carretas dentro da cidade, criando transtornos no trânsito.

Nesta conversa com o Secretario Hilário Nascimento, ficou acertado que todos estes assuntos serão discutidos durante a tramitação do projeto e serão discutidos em audiência com a comunidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário