RIO TAPAJÓS

quarta-feira, 4 de março de 2015

PENINHA DENUNCIA NEGOCIAÇÃO DE CASAS NO RESIDENCIAL WIRLAND FREIRE

Preocupado com a seleção dos nomes das pessoas indicadas para ganharem casa do Programa Minha Casa Minha Vida, residencial Wirland Freire, o vereador Peninha pediu a Caixa Econômica Federal a relação dos nomes. Segundo o edil, tem conhecimento que varias pessoas que o nome consta na lista, não se enquadram no Programa.
Peninha está preocupado com a distribuição destas casas, para que não aconteça fatos como na distribuição das casas do Residencial Viva Itaituba e Residencial do Piracanã.
Peninha mostrou um documento enviado pela Caixa Econômica, o qual informa que 693 dossiês encaminhados pela prefeitura de Itaituba estão compatíveis (aptos), 74 dossiês pendentes e 193 com pendencias regularizadas por parte da prefeitura, faltando analise da Caixa Econômica e 190 dossiês  sendo analisados.

No documento a Caixa Econômica informou ainda que para completar a demanda de 1.300 dossiês, estão faltando 150 dossiês.
Por outro lado, Peninha pediu para a Câmara Municipal enviar a Chefe de Gabinete da Prefeitura de Itaituba, Maria de Fatima Santos da Rosa, oficio solicitando a relação com os nomes e CPFs das pessoas que constam na lista encaminhada para a Caixa Econômica para serem agraciadas com casa no Residencial Wirland Freire.
O edil disse que recebeu denuncias de que estavam vendendo direito para ganhar casa no Residencial Wirland Freire e por isso quer a relação dos inscritos para melhor analisar caso a caso, afim de evitar fraudes e que casas dadas para pessoas que não precisam. O Vereador Peninha disse que nas denuncias, as pessoas lhe disseram que teve quem já pagou até R$ 5.000,00 por uma casa. Também Peninha revelou que algumas casas estão sendo dadas para “apadrinhados” do governo municipal e por pessoas indicadas por agentes políticos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário