RIO TAPAJÓS

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

PENINHA QUER SABER ONDE FUNCIONA A PREFEITURA DE ITAITUBA

Peninha quer saber onde funciona a Prefeitura de Itaituba
Se já era difícil encontrar a prefeita Eliene Nunes no gabinete no Prédio da Prefeitura Municipal de Itaituba, agora ficou mais difícil. A prefeita Eliene Nunes até que começou indo a prefeitura, porém, devido as cobranças sumiu e o pior mandou fechar o prédio da prefeitura e alugou vários prédios na cidade para funcionar diretorias e demais repartições municipais.

O vereador Peninha usou a tribuna da Câmara nesta manhã para pedir informações sobre o paradeiro da prefeita Eliene Nunes, que ninguém sabe onde atende a população. É de se estranhar, que alguém queira administrar o município se escondendo dos problemas. Para falar com a prefeita é a coisa mais difícil,  ressaltou o edil.
Para o vereador Peninha, ainda não está bem claro, os motivos do fechamento do prédio da prefeitura na Travessa 15 de Agosto, ao lado do Banco da Amazônia – BASA. Precisamos saber se o prédio realmente está com suas estruturas comprometidas e se o Corpo de Bombeiro deu algum laudo mandando evacuar o prédio.
Por quer este prédio esta fechado
A verdade, lembrou o vereador Peninha, a prefeita Eliene Nunes, muito antes de fechar o prédio da prefeitura, já estava alugando prédios de terceiros para funcionar vários setores do município.
O que agora precisamos saber, é se estes prédios foram reformados com dinheiro público, já que temos vários prédios públicos que poderiam ser recuperados para funcionar estes setores administrativos do município, como exemplo,  o prédio da prefeitura velha, o prédio onde funcionou a Secretaria Municipal de Educação, na Praça da Bandeira, o Prédio onde funcionou a CELPA, na Avenida Hugo de Mendonça. O que não entendemos, é que a prefeita Eliene Nunes reclama que não tem dinheiro para resolver os problemas da população do município, mas tem dinheiro para alugar prédios de terceiros por valores altos. Isto é uma INCOERÊNCIA, finalizou o vereador Peninha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário