RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

ELEIÇÕES 2014: UM PARÁ DIVIDIDO

O segundo turno das eleições 2014, ocorrido no último Domingo, dia 26 de Outubro, mostrou um Pará dividido, com a Capital e a Região Metropolitana votando no Governo (Simão Jatene), e o interior na oposição, Helder Barbalho.
A Capital e a Região Metropolitana, onde se concentra a maior parte do eleitorado do Estado do Pará, fez a diferença e levou o Governador Simão Jatene a reeleição. Vejamos: Na Capital, Simão Jatene teve 476.408 votos, enquanto Helder Barbalho obteve 272.859 votos, uma diferença de 203.550 votos. Em Ananindeua, Jatene obteve 134.958 votos, enquanto Helder obteve 81.404 votos, uma diferença de 53.554 votos entre Jatene e Helder. Só nestes dois colégios eleitorais, Simão Jatene obteve mais de 250.000 votos.

Enquanto o Governador ganhou na Capital, Região Metropolitana e no nordeste paraense, Helder ganhou em dois grandes municípios que possuem também grande colégio eleitoral: Santarém, no Oeste e Carajás no Sul do Pará, além do Marajó e Sudeste. Helder obteve em Santarém, 91.122 votos, Jatene obteve 50.157 votos, uma diferença de 40.965 votos a favor de Helder.
No interior, devido o abandono que os municípios vivem e a ausência do Estado, a votação foi esmagadora em vários deles. Vejamos o caso de Uruará, onde Helder obteve 72.55% dos votos e em Aveiro 72,48% dos votos. Isto mostra a revolta da população, que se manifestou através das urnas contra o Governo do Estado.

O Pará, hoje está dividido entre a Capital, Região Metropolitana e o nordeste paraense e restante do interior do Estado ( Marajó, Oeste, Sul e Sudeste Paraense). Jatene obteve no Pará 1.858.869 votos (51,92%) e Helder Barbalho obteve 1.721.479 votos (48,08%). Houve uma abstenção de 1.308.042 eleitores ( 25,22%). A diferença entre Jatene e Helder foi de 137.390 votos, o que mostra um Estado Dividido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário