RIO TAPAJÓS

sábado, 20 de setembro de 2014

OPERAÇÃO CAÇA NÍGUEL REVOLTA GARIMPEIROS



Nesta sexta feira, policiais civis resolveram a fazer uma operação, que foi batizada pelos garimpeiros de “Operação Caça Níquel, ao longo da Rodovia Transamazônica, trecho entre Itaituba-Jacareacanga. Ao comando dos delegados José Bezerra e Kleber Pascoal os policiais civis abordavam todos os veículos que passavam na barreira, revistando as bolsas dos passageiros. Até ai tudo bem, uma vez que a policia realmente tem que combater a entrada de drogas e armas em Itaituba.


Porém, o que na operação ocorreu, foi uma ação isolada, quando policiais ao abrirem a bolsa de alguns garimpeiros encontraram ouro. Deram ordem de prisão aos garimpeiros, que foram trazidos para a delegacia de policia, não sabemos pra que mesmo, uma vez que não cabe a Policia Civil a fiscalizar o transporte de ouro.
O que poderia ser uma operação de combate a drogas e contra a entrada de armas, passou a ser uma operação batizada de Operação Caça Níquel, como classificaram os garimpeiros que foram trazidos para a delegacia de policia. Não somos bandidos. Somos trabalhadores, disse um dos garimpeiros.
Entre os garimpeiros, estavam Joaquim Carlos Lima, um antigo garimpeiro que tem suas atividades documentadas. Outro conhecido por Divino Nunes. Ao todo foram cinco garimpeiros que foram detidos e trazidos para a delegacia. Os garimpeiros ficaram revoltados com  a atitudes dos policiais civis, uma vez que foram trazidos para a delegacia como bandidos.
Na delegacia de policia, após a apresentação dos documentos, os garimpeiros foram liberados. Eles estiveram acompanhados do advogado José Luiz. O ouro, no momento da abordagem, os garimpeiros não entregaram aos policiais. Trouxeram em seu poder.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário