RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

AUMENTA O DESEMPREGO EM ITAITUBA.



Fui procurado por vários funcionários que foram dispensados de seus empregos, e que procuraram o Ministério do Trabalho para receber o Seguro Desemprego. Eles me disseram que são obrigados a dormir em frente ao local onde está funcionando o MT para serem atendidos e muitas das vezes são obrigados a passarem três noites para serem atendidos.
Procurei nesta manhã a responsável pelo atendimento, a senhora Socorro Raisy, quando procurei saber o que estava acontecendo, a funcionária do MT me disse que somente ela faz este atendimento e por dia atende uma média de 30 pessoas.

O que acontece, disse Socorro, é que aumentou a demanda em busca do seguro desemprego, ou seja aumentou o desemprego em Itaituba. Citou, que somente em Julho cadastrou 358 pessoas e agora em Agosto, nestes 12 dias, já atendeu 79 pessoas. Este numero é somente de funcionários que possuem a carteira de trabalho assinada.
Outro problema enfrentado pela servidora do MT é a internet, que quando está cadastrando um desempregado, sai do ar. Disse  que desde ontem a Internet está fora do ar na sala onde funciona o MT nas dependências do SINE. Também, revelou que muitos desempregados procuram o MT, mas com documentação incompleta, o que atrapalha muito o atendimento. Dentre os documentos faltosos, o desempregado deixa de levar o contra cheque, e no momento do cadastro diz que recebe X de salário e quando apresenta o contra cheque é outro valor.
Fila na madrugada no SINE e MT (foto Junior Ribeiro)

Socorro afirmou que entende perfeitamente a situação de revolta dos desempregados que procuram o MT, mas esta situação foi discutida na Superintendência do Ministério do Trabalho em Belém e até hoje nada foi feito para resolver. Lembrou que dia 3 de Setembro, mais uma vez vai a Belém para uma rodada de debate sobre a situação do MT em Itaituba. Inclusive garantiu que vai apresentar um dossiê desta situação. Precisamos de um espaço maior e melhor, precisamos de mais funcionários, um sistema de internet mais regular. Isto é primordial para atendermos nossa clientela, ressaltou Socorro.
Antes do funcionário desempregado procurar o MT, que funciona no SINE, tem que procurar outro setor do Ministério do Trabalho no SEBRAE, afim de homologar sua carteira do trabalho, e depois é que vem aqui procurar se cadastrar para receber o seguro desemprego, disse Socorro Raisy.
Pelo que apuramos, os desempregados vão continuar sendo humilhados, pois estes problemas levantados pela chefe do MT em Itaituba, ainda estão longe de serem resolvidos, já que parece que a Superintendência do Ministério do Trabalho no Pará não tá nem ai para Itaituba. O local onde funcionava a agência em Itaituba, foi fechado pelo Corpo de Bombeiro e até hoje o novo local está sendo reformado, mas sem previsão de mudança. Mas, também não adianta ter instalações novas, e não ter funcionário para atender ou uma internet regular para fazer o cadastro dos desempregados. Vamos aguardar para ver o que pode acontecer.
Vereador Peninha (Cobrando na Tribuna)
O que está acontecendo em Itaituba é um retrocesso, porque com a chegada de vários empreendimentos, não poderia aumentar o desemprego e sim aumentar a oferta de emprego. Como será o nosso futuro se com todos estes investimentos estamos nesta crise? e depois de concluído estes empreendimentos?

Um comentário:

  1. Caro vereador,
    Também existe uma falta de bom censo dos funcionários do MT, para evitarmos a humilhação de ficar ao relento na fila, por que não se pode fazer o agendamento? seria justo e apessoa não precisaria ficar ao relento.. há também uma erro na comunicação, pois não existe ( pelo menos quando fui, e até questionei) um documento na parede avisando quantas senhas são distribuídas por dia, ( pois qndo precisei) um dia era 20 outro 25.. no dia do meu atendimento foi atendido 30 pessoas mas depois de muita discussão..se isto ainda continua acontecendo, por favor, interceda pela população pedindo um atendimento mais humano, que ao meu ver ,é o agendamento.

    ResponderExcluir