RIO TAPAJÓS

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

GOVERNO ANUNCIA CONCESSÃO DA BR-163 (CUIABÁ-SANTARÉM)

Porto de transbordo de grãos da (BUNGE)
A Presidente da República, Dilma Rousseff, anunciou ontem a concessão para a duplicação da BR-163 (Cuiabá-Santarém) da cidade de Sinop, no Mato Grosso até o porto da Vila de Miritituba, no município de Itaituba, no Estado do Pará. Através da a iniciativa privada, esta concessão visa duplicar e manter este trecho da rodovia, com 976 quilômetros, com o pedágio a ser cobrado pela empresa vencedora do certame.
Segundo o Ministro dos Transportes, Cesar Borges, foi creditado aos produtores de grãos a escolha pelo Porto de Miritituba, em Itaituba-Pará no lugar de Santarém. Em Miritituba, já está pronto um terminal de transbordo de grãos (BUNGE) e mais sete estão sendo construídos, e o acesso aos terminais é mais fácil que o Porto de Santarém, já que o estacionamento das carretas ficará próximo aos portos. O porto de Santarém é urbano e tem alguns problemas e por ficar dentro da cidade,  causa  grande congestionamento de carretas  na Avenida Cuiabá para o desembarque dos grãos. O Porto de Miritituba é mais bem localizado.



Para o agronegócio, o trecho mais importante que entrou no Programa de Concessão foi este da BR-163: Cuiabá-Santarém. Com a duplicação e manutenção deste trecho da rodovia Sinop-Miritituba, o escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste pelos portos do Norte (Miritituba, no  município de Itaituba no Pará) irá desconcentrar dos portos do Sul e Sudeste, evitando grande congestionamento de caminhões nas estradas que hoje ocorre para a exportação da produção do Centro Oeste, principalmente pelo Porto de Santos.
O Governo espera fazer os leilões destas ultimas concessões, incluído os 976 Km da BR-163 Cuiabá-Santarém, no segundo semestre deste ano de 2014. São aproximadamente 2.600 quilômetros de novas rodovias concedidas que irão priorizar o escoamento da safra  agrícola do Centro-Oeste e dos produtores do Sul do Pais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário