RIO TAPAJÓS

terça-feira, 26 de novembro de 2013

REPRESENTANTES DA REDE CELPA SE REÚNEM EM ITAITUBA

“ENERGIA DA PREFEITURA DE ITAITUBA FOI CORTADA”  MOTIVO: DÉBITO
Diretores da empresa de energia REDE CELPA (Grupo Equatorial) estiveram na manhã de hoje, dia 26, na Câmara de Vereadores de Itaituba, atendendo convite dos vereadores. A empresa esteve representada pelo Gerente Executivo Regional, Alexandre Freitas. Além dele, estiveram presentes funcionários da empresa lotados em Santarém e Itaituba.
O vereador Isaac Dias, queria que a reunião fosse fechada, entre vereadores e representantes da empresa, devido não ter comparecido os presidentes dos bairros. Depois de muita discussão entre o vereador Isaac e o Presidente da Câmara,vereador Wesley Aguiar, finalmente a reunião foi realizada no plenário do Poder Legislativo.
Na ocasião os vereadores fizeram varias perguntas ao representante da Rede Celpa, principalmente as permanentes interrupções de energia em Itaituba e  os altos valores cobrados dos consumidores. O gerente executivo respondeu ao vereadores que a empresa Equatorial estava assumindo a Rede CELPA, mas que estava consciente dos desafios que tinha pela frente.
Todas as reclamações que foram feitas, foram anotadas pelo representante da empresa para que sejam tomadas as providencias. Mas, foi categórico em afirmar que a Rede Celpa está devendo muito e não tem dinheiro para no momento investir.
Na realidade, os representantes da empresa não apresentaram nada de novo a população. A não ser o representante da empresa Raio de Luz, Sergio Santana, que a partir do dia 30 de Novembro, será a empresa responsável pela distribuição de energia elétrica em Itaituba. Com isto, espera a empresa Rede Celpa,  melhorar a qualidade de energia em Itaituba dentro de sua situação financeira.
Mas, o surpreendente ocorreu após a reunião da direção da Rede Celpa com os vereadores e a população. Por volta das 15:00 horas, funcionários da empresa cortaram a energia elétrica da Prefeitura Municipal de Itaituba. Este Blog, conseguiu apurar, que o corte ocorreu porque, o município está devendo há vários meses o consumo de energia elétrica do Prédio onde funciona a Prefeitura Municipal, inclusive o parcelamento que começou no inicio deste ano de 2013.




Nenhum comentário:

Postar um comentário