RIO TAPAJÓS

terça-feira, 22 de outubro de 2013

INCRA PROMETE REGULARIZAR TERRAS EM TORNO DO PARQUE NACIONAL DA AMAZÔNIA

Os manifestantes que interditaram desde as primeira horas de segunda feira ultima, dia 21, a Rodovia Transamazônica, trecho Campo Verde Ruropolis chegaram  a um acordo com o INCRA. Nesta manhã, dia 22, o Superintendente do INCRA na região, Luiz Bacelar esteve no local da interdição, Km 32, da Rodovia Transamazônica, quando se reuniu com os grevistas e apresentou a carta enviada pelo Presidente Nacional do INCRA, Carlos Guedes, dando seu compromisso de atender as reivindicações dos manifestantes (agricultores) No documento assinado pelo Presidente do INCRA, Carlos Guedes, consta o compromisso de na próxima 5ª feira, dia 24, equipe de técnicos do INCRA estarão na área ao em torno do Parque Nacional da Amazônia, no sentido de dar inicio aos trabalhos de demarcação fundiária para regularizar as cerca de 1.000 famílias que trabalham nas comunidades de Cocalino, Nova Integração, Novo Horizonte,Novo Paraíso e São Manoel.



Com a desafetação do Parque Nacional da Amazônia pela Presidente da República, Dilma Rousseff, estas comunidades ficaram fora da área de amortização da reserva e com isso foi compromisso do goverassentar as famílias que trabalham nestas comunidades há mais de 30 anos. Outra reivindicação dos manifestantes foi da criação da Unidade do INCRA em Itaituba. No documento, o Presidente do INCRA deixa claro que a criação desta unidade está dependendo agora apenas do Ministério do Planejamento, porém acredita que dentro de dias estará criada a UNIDADE AVANÇADA DO INCRA EM ITAITUBA. Depois da reunião, os grevistas suspenderam a interdição, porém, permaneceram na área, aguardando que na 5ª feira comece a demarcação das terras ao redor do Parque. Caso não sejam iniciados os trabalhos, eles voltarão a interditar a rodovia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário