RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

GUARDAS PORTUÁRIOS DA CDP INVADEM ÁREA DA CIANPORT EM MIRITITUBA

Propriedade da CIANPORT, invadida pela CDP
“CDP DESCUMPRE ORDEM JUDICIAL FEDERAL”
Na tarde de hoje, três guardas portuários ARMADOS, que prestam serviço na CDP em Miritituba, em companhia do administrador do órgão, Ismail Delgado, invadiram o canteiro de obra da empresa Cianport em Miritituba, no município de Itaituba.
Inclusive arrancaram os cadeados e derrubaram as placas indicando a propriedade privada e ameaçaram os funcionários da empresa. A empresa CIANPORT está concluindo o processo de licenciamento para construir a ESTAÇÃO DE TRANSBORDO DE CARGAS.
A área está em litígio, pois a União, através da AGU-Advogacia Geral da União entrou na Justiça Federal com uma Ação Possessória e que foi negada pelo Juiz Federal Dr.José Airton de Aguiar Portela, que inclusive na sua decisão mandou permanecer na área a empresa CIANPORT. A vergonha é tão grande que a própria AGU, reconheceu e pediu no dia 25 de Setembro ultimo o encerramento da ação.


A CDP está querendo documentar 161 hectares de terra, depois de não cuidar de sua área original invadida por populares e agora se volta ao confisco, no grito e covardia, da área da CIANPORT, que receberá de imediato R$ 37 milhões de investimento. A área vem sendo ocupada mansa e pacificamente pela empresa CIANPORT, há mais de dez anos, e por outros posseiros, todos com títulos do INCRA. Agora, com a corrida portuária para aquela região, a CDP está querendo a qualquer custo estas terras, sem ter projeto aprovado pela SEP-SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS e muito menos ter recursos para investimento.







Nenhum comentário:

Postar um comentário