RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

CONCURSO PARA LUDIBRIAR JUSTIÇA

O concurso público que a Prefeitura Municipal de Itaituba está promovendo é para enganar a Justiça, uma vez que tramita na justiça uma Ação Popular pedindo providencias com relação a contração ilegal de servidores temporários, ao arrepio da Lei. Segundo a Ação Popular, que tramita na 1ª Vara da Comarca de Itaituba, o município contratou mais de 1.200 funcionários temporários, para os diversos cargos da administração, baseado em uma lei municipal, que dá direito a contratação de pessoal para casos de emergência e não permanente, como vem ocorrendo.
Preocupado com a Ação, o município abriu concurso para desviar a atenção da justiça, colocando 574 vagas a disposição da população.
Entretanto, as vagas para contratação de temporários continuaria, já que, como já divulgamos, existe 10 advogados contratados e foi aberta no concurso apenas uma vaga para procurador do município.Como para procurador, outros cargos também foram abertas vagas, apenas para que o município demonstre que está fazendo concurso publico para contratar servidores. É uma maneira de ludibriar a justiça, que pode a qualquer momento julgar procedente a Ação e mandar demitir os servidores, que foram contratados ilegalmente. A lei para a contratação de temporários é para casos de EMERGÊNCIAS, como em caos de tragédia, epidemias, calamidade pública. No caso do município de Itaituba,não ocorreu nenhum destes casos, por isso não justifica a contratação de tantos servidores temporários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário