RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

CIMENTO DE XAMBIOÁ SERVE PARA CONSTRUIR BELO MONTE

Adistancia entre Itaituba e Xambioá para Altamira
Publicamos recentemente que a construção da barragem de Belo Monte está sendo feita com cimento da fabrica de cimento do Grupo Votorantin, da cidade Xambioá, no Mato Grosso. Mas, na realidade a fabrica fica no Estado de Tocantins.
Hoje pela manha recebemos mais informações sobre o fornecimento de cimento pelo Grupo Votorantin e descobrimos que o principal motivo de o cimento vir de mais longe, haja vista que a fábrica de Xambioá é mais distante da obra do que a fábrica de Itaituba, é o fato de o preço da tonelada de cimento da Xambioá ser mais acessível que o preço de Itaituba.

O preço da tonelada do cimento a granel oferecido pelo Grupo Votorantin foi muito abaixo do preço de mercado, e por isto a fabrica de cimento CAIMA não vai fornecer a matéria prima para a construção da hidrelétrica de Belo Monte. Segundo uma fonte da CAIMA, o preço mínimo pela tonelada a granel de cimento a ser vendido pela empresa é de R$ 473,80 , isto entregando na fabrica, enquanto que o grupo Votorantin vai entregar no pé da obra muito mais barato. Algo estranho, já que é mais distante do que a CAIMA (ITACIMPASA) em Itaituba. Outro fator, é que este cimento não virá apenas de XAMBIOÁ, no Tocantins, mas de outras fabricas espalhadas pelo Brasil, inclusive do Nordeste, distante mais de 1.000 quilômetros da barragem.
Fabrica de Cimento da Votorantin em Xambioá
O cimento usado na obra será a granel. Com isto, TOCANTINS vai ganhar o ICMS e agora temos que ver se os outros ESTADOS de onde também vem cimento não vão ser beneficiados com os impostos. A verdade que o Estado do Pará, mas uma vez vai ver navios a passar.
Cidade de Xambioá

Nenhum comentário:

Postar um comentário