RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

MILITARES REPRESENTARAM CONTRA ADVOGADO PAULO CORREA

Na tarde de ontem dia 22, foi realizada na Vara do Juizado Especial Criminal de Itaituba a audiência entre os Policiais Militares e o advogado Paulo Correa. Os Policiais Militares representaram contra o advogado Paulo Correa, que como Presidente da Comissão Dos Direitos Humanos da OAB/PA, em entrevista a Reportagem do SBT criticou a Ação dos Militares quando da Fuga do Presídio de Itaituba no dia  22 de Fevereiro deste ano.
O advogado na entrevista chamou os policiais militares do Grupo Tático varias vezes de “bandidos de farda”. Acusou os militares de terem torturado os presos, o que até hoje não foi provado através de receituários médicos, laudo de corpo delito, fotos ou pericia, segundo se defendem os militares na representação contra o advogado Paulo Correa. Ainda na representação os militares pedem o enquadradamento do advogado Paulo Correa no artigo 140 do CPB, INJÚRIA, que prescinde a exceção da verdade.Os  militares alegam ainda que  a ausência de provas das acusações por parte do advogado, somente torna patente o dolo, de DENEGRIR A IMAGEM, de Aviltar a honra subjetivas das vitimas da acusação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário