RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 8 de julho de 2013

MUNICÍPIO DE ITAITUBA GASTOU MAIS COM PASSAGEM AEREA DO QUE COM REMÉDIO



Na prestação de contas que o município de Itaituba apresentou no Tribunal de Contas do município, referente ao primeiro quadrimestre do ano de 2013, consta que foi gasto mais com passagem aérea, do que com a compra de medicamentos para o hospital municipal e para os postos de saúde. No montante apurado, foram gastos com a compra de passagens aéreas R$ 302.000,00, enquanto com a compra de medicamentos aproximadamente R$ 300.000,00.

O município recebeu no primeiro quadrimestre, só para a saúde mais de R$ 7.000.000,00. Só da União, do Programa da Farmácia Básica, foram repassados ao município  de Itaituba nos quatro primeiros meses deste ano  mais de R$ 217.000,00 e do Estado  mais de R$ 600.00,00. Em licitação o município contratou com as empresas vencedoras em torno de R$ 8.123.239,88. Para a aquisição de medicamentos injetáveis foram contratadas empresas para entregar mais de R$ 2.000.000,00, enquanto para a aquisição de material técnico descartáveis cerca de R$ 4.000.000,00.
Além do Pregão Presencial, foi realizada Dispensas de Licitações para a aquisição de medicamentos e etc. para atender a saúde do município de Itaituba. Isto sem contar com os Pregões Presenciais realizados no valor de R$ 5.000.000,00 para a compra de medicamentos da Farmácia Básica. 
Mesmo com tanta Dispensa de Licitação e Pregões realizados  o município não está comprando, ou se está,  apenas no papel,pois está faltando medicamentos em toda a rede pública. No hospital municipal, é onde está o maior problema. Falta desde soro e nos postos de saúde falta desde material para curativo. CADÊ O DINHEIRO DA SAÚDE? OU CADÊ OS MEDICAMENTOS?.

Nenhum comentário:

Postar um comentário