RIO TAPAJÓS

sexta-feira, 19 de julho de 2013

EMPRESÁRIOS VISITAM REGIÃO DO SANTARENZINHO


Uma comitiva  de empresários do setor portuário esteve em Itaituba, E visitou a região da comunidade de Santarenzinho, município de Ruropolis.  Na viagem, a ida foi feita pela estrada e o retorno pelo Rio Tapajós. O objetivo da visita foi conhecer a atual realidade da estrada, que dá acesso à beira do Rio Tapajós, que será toda refeita pelos empresários.O grupo formado por empresários adquiriu áreas nas margens do Rio Tapajós, e pretende construir portos graneleiros naquela região. Segundo o empresário Dorinaldo Moura, o DADINHO, representante da IPIRANGA na região, a estrada terá 19 quilômetros de extensão, entretanto, haverá mudanças no trajeto da estrada atual, a começar pelo inicio da estrada, que deverá ligar a Rodovia com a beira do Rio Tapajós. Seu inicio será mudado, estudos vão definir de onde vai começar a estrada rumo a beira do Rio Tapajós, que não será mais no KM 30. A estrada deverá  ser construída pelos empresários em parceria com o município. Vários portos estão previstos para serem construídos naquela região do Santarenzinho, entre eles, a Base da Ipiranga.


REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS EMPRESÁRIOS PORTUÁRIOS

Na noite de ontem, dia 18, os empresários do setor portuário se reuniram no Hotel Apiacas, em Itaituba, para discutir os projetos que estão em andamento na região de Miritituba. Entre os assuntos debatidos, estavam os investimentos que os empresários vão fazer                    pela instalação dos projetos em Miritituba. O Estado e o município querem, na contra partida, a construção de Escola, Delegacia de Policia, Pelotão da Policia Militar, Corpo de Bombeiro, Creches e um Centro de Saúde em Miritituba. Além dos empresários, participaram da reunião, representantes da administração municipal de Itaituba.

HIDROVIA DO BRASIL ESTÁ DEPENDENDO DA LICENÇA DE INSTALAÇÃO


A HB-HIDROVIAS DO BRASIL, uma das empresas que vai instalar porto graneleiro em Miritituba, está aguardando a liberação da Licença de Instalação da SEMA do Estado para iniciar a construção, a SEMA já liberou a Licença Prévia. Já a CIANPORT, realizou a Audiência Pública e está aguardando a liberação da Licença  Prévia. A Cargill está aguardando a SEMA marcar a audiência pública para, também, após a liberação das licenças, começar a construção do seu porto em Miritituba. A única empresa que está construindo é a TERFRON ( BUNGE), que pretende até o final deste ano fazer seus primeiros embarques de grãos em Miritituba.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário