RIO TAPAJÓS

sábado, 15 de junho de 2013

JACAREACANGA NÃO TEM UM PEDAÇO DE CHÃO DOCUMENTADO PELO INCRA

“ 90% CENTO DO MUNICÍPIO DE JACAREACANGA É INDIGENA, FLONA , PARQUE OU AREA MILITAR”

O desabafo foi do prefeito do município de Jacareacanga,Raulien Queiroz, quando na reunião com a presença do Superintendente no INCRA na Região, Luiz Bacelar , do Deputado Federal José Priante e do Superintendente do DNPM no Pará, João Bosco a Itaituba no ultimo Sábado.

O prefeito Raulien Queiroz disse que o seu município, Jacareacanga, tem uma área de 53mil 360 km2  (Cinqüenta e Três Trezentos e Sessenta Quilômetros Quadrados) de extensão e destes, quase 52 mil Km2, são Parque Nacional,Floresta Nacional, Reserva Militar e a maior parte é Reserva Indígena. O que sobra de terra para projetos de desenvolvimento do município é um pouco mais de 2 mil Km2 e nesta área não existe um pedaço documentado, o que dificulta ainda mais investimentos no município de Jacareacanga.O prefeito Raulien Queiroz fez um apelo ao Deputado Federal, José Priante e ao Superintendente do INCRA, Luiz Bacelar, para que olhe com mais atenção a situação de Jacareacanga, pois precisamos de estradas vicinais e documentar as terras ocupadas há anos por agricultores e pequenos criadores de gado,afim de que com o titulo de terra,nossos  agricultores e pequenos criadores de gado possam fazer empréstimos nos bancos e melhorar suas produções,  porque hoje Jacareacanga 90% depende dos garimpos. Ao superintendente do DNPM, João Bosco, o prefeito pediu para que sejam legalizados os garimpos no seu município, através de uma força tarefa Estado e União( SEMA E DNPM).
Peninha, Raulien-Prefeito de Jacaré Acanga e o Sup. do DNPM Dr. Bosco

Nenhum comentário:

Postar um comentário