RIO TAPAJÓS

quarta-feira, 10 de abril de 2013

HOSPITAL SANTO ANTONIO ESTÁ SENDO BENEFICIADO PELO MUNICÍPIO

Está acontecendo o que se esperava na saúde do município de Itaituba. Primeiro, empregou toda a família e agora está encaminhando pacientes para ser atendido no hospital na família CABRAL, HOSPITAL SANTO ANTONIO.
Denuncias de NEPOTISMO já foram feitas no Ministério Público, pois está trabalhando no município o irmão da Secretaria, Dr. Hélio Cabral; sobrinho Dr. Leonardo Cabral; sobrinha, o cunhado, Dr. Antonio Gonçalves e o marido da sobrinha Enfº Rafael Marinho. Não sabemos se a filha da Secretária Priscila Cabral também já foi contratada.
O mais novo empreendimento da Secretaria de Saúde, Horenice Cabral, é encaminhar exames e pacientes para o hospital da família, hospital Santo Antonio. Este hospital foi  desconveniado do SUS em 2011 e devido ser da família da secretaria não poderia estar atendendo nenhum  encaminhamento pela Secretaria de Saúde, já que existem três hospitais conveniados com o SUS - Dom Bosco, Cristo Salvador e São Vicente e vale ressaltar que nos três hospitais existe maquina para realizar RX.
O Aparelho de RX está com defeito. Na porta da sala, onde está o equipamento, tem um aviso: SUSPENSO PARA MANUTENÇÃO. Esta manutenção já leva meses e enquanto isto, os clientes que precisam de RX são encaminhados para realizar tal exame no Hospital Santo Antonio. Se houvesse interesse, a maquina já tinha sido consertada, já que tem um técnico aqui mesmo em Itaituba, técnico PEDRO REGO, que era quem fazia a manutenção deste equipamento no passado. Não tem dinheiro para consertar o RX e nem comprar material para fazer exames de rotina, mas tem dinheiro para instalar sistema de micro câmera dentro do hospital municipal.
Porém, se pode pagar para o Hospital Santo Antonio fazer, porque pressa para consertar a maquina de RX. Agora, a Secretaria Horenice Cabral está falando que vai comprar um novo equipamento para realizar os exames de RX. Quando ninguém sabe, e enquanto isto, a ambulância do SAMU haja levar e trazer pacientes ao Hospital da família da Secretaria. Segundo a vizinhança do hospital a ambulância chega a fazer mais de quinze viagens em um único dia para o hospital da FAMILIA CABRAL.
Outro absurdo que vem acontecendo na Saúde do Município é o caso do laboratório do Hospital Municipal, que há quatro meses não realiza um simples exame de rotina. No primeiro mês de governo, culpavam a administração anterior, e hoje a culpa é de quem? Pois já estamos no 4º mês de gestão da prefeita Eliene Nunes, e até agora nada funciona no Hospital Municipal. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário