RIO TAPAJÓS

quarta-feira, 17 de abril de 2013

DECRETO PODE CAUSAR COLAPSO NO MUNICÍPIO DE ITAITUBA

O Decreto Estadual nº 714/2013, que organiza a atividade garimpeira no Tapajós pode causar um grande colapso no município de Itaituba. A análise é feita por empresários de vários ramos de negócios, como combustível, gêneros alimentícios, peças de motores e até mesmo de hotéis.
A maior parte da produção de ouro hoje de Itaituba está sendo através de dragas (balsas) e com o uso de PC, e exatamente foram estes equipamentos que estão proibidos de serem usados na extração de ouro, conforme o Decreto.
Hoje o consumo mensal de combustível em Itaituba, com o funcionamento de dragas (balsas) e PC’s é superior a 2 milhões de litros de óleo diesel. Com a paralisação das dragas ( em torno de 70)  e PC’s mais de 500, vão ficar desempregados mais de 5.000 pessoas diretamente envolvidas e mais os famílias destes dragueiros e do pessoal de apoio e dos motoristas de PC’s.
Para se ter uma idéia da crise que Itaituba vai enfrentar com a paralisação das dragas e PC’s um motorista de PC’s ,hoje ganha mensalmente em torno de R$ 8.000,00, dependendo de quantas horas trabalha na maquina. São mais de 1.000 pais de famílias que trabalham com este equipamentos fora os demais que trabalham nos outros equipamentos para separar o ouro do cascalho e nas bombas das balsas que fazem a sucção do ouro do fundo do rio.
A preocupação é muito grande, já que com a paralisação, esta gente não tem outro meio de vida. O pior, é que tem gente que comprou equipamentos como PC’s, combustível, gêneros alimentícios, peças de reposição e agora não tem como pagar.
A medida é importante, pois o Decreto vem organizar esta atividade no Tapajós, porém as autoridades ainda não calcularam o caos social que vai acontecer na região, principalmente Itaituba, Jacareacanga e Novo Progresso, que vivem hoje praticamente do ouro.  Tanto é verdade, que não se preocuparam, que até agora apenas publicaram o Decreto e como ficará a situação desta gente que vive do garimpo. A resposta ainda não foi dada. A resposta está no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário