RIO TAPAJÓS

domingo, 24 de março de 2013

EMPRESÁRIOS AMEAÇAM RETIRAR PORTOS DE MIRITITUBA

O sonho  de Itaituba  de ter  vários portos construídos no Distrito de Miritituba pode ser frustrado, por conta da legalização fundiária da área pretendida para a instalações destes portos, que até hoje, o órgão responsável pela titulação destas terras, no caso o TERRA LEGAL não resolveu o impasse que há na área. A Companhia Docas do Pará-CDP está querendo ocupar uma área de mais de 160 hectares de terra nas margens do rio Tapajós, terras estas já negociadas com terceiros que estão ocupando há vários anos por empresas, que inclusive estão trabalhando na preparação da área para a construção dos portos. Desde o ano de 2010, o município vem lutando para que o Terra Legal faça a transferência desta área para o município e até hoje isto não aconteceu. Agora, devido a falta de documento da terra e os impasses surgidos os empresários estão ameaçando a transferir o projeto portuário para a área da comunidade de Santarenzinho. Outro fato que está preocupando os empresários é a atitude de funcionários da SEMMA municipal, que estão ameaçando cancelar ou não renovar a documentação ambiental destas empresas que já estão trabalhando em Miritituba, devido tais documentos terem sido efetuados na administração passada. Estes motivos podem atrasar, ou até mesmo fazer com que estes empreendedores deixem de investir em Itaituba. A prefeita Eliene Nunes tem que puxar para si esta responsabilidade para não prejudicar o desenvolvimento do município de Itaituba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário