RIO TAPAJÓS

terça-feira, 26 de março de 2013

CÂMARA REJEITA DENUNCIA CONTRA VEREADOR ISAAC DIAS

Já era de se esperar, que a Câmara de Vereadores de Itaituba não acataria a denuncia formulada pelo Capitão PM Pedro contra o vereador do PSB, Isaac dias, por decoro parlamentar. O vereador Isaac Dias, na sessão do dia 27 de Fevereiro fez graves acusações contra varias autoridades, entre elas  o Capitão PM Pedro,  que teria facilitado a fuga de presos da Cadeia Pública de Itaituba, com o objetivo de desestabilizar a direção daquela casa penal para que ele, capitão Pedro  assumisse o cargo.

O vereador fez ainda graves acusações de que haveria um plano para lhe matar, arquitetado pelo Capitão PM Pedro. O militar procurou a delegacia de policia e entrou com uma representação pedindo para Isaac Dias provar suas acusações. O Vereador, no seu depoimento apresentou na delegacia uma carta anônima que diz ter recebido e acreditando ser verdadeira denunciou no plenário da Câmara e na imprensa. Devido não ter provado suas acusações, o edil foi indiciado e o inquérito policial seguiu para a justiça, para a 3ª Vara Penal, onde Isaac Dias já responde  vários processos.

Na sessão foi lida a representação e na discussão a vereador Célia Martins, chamou de covarde para o vereador Isaac Dias, que denunciou, mas não apresentou provas, colocando em situação vergonhosa o Poder Legislativo. Na votação, apenas os vereadores Célia Martins, Iamax Prado Aguiar e Nicodemos Aguiar acataram a representação. Os vereadores, Dirceu Birgi, Diomar Figueira, Orismar do Liberdade , Toninho Piloto, Manuel Dentista, João Cebola, Dadinho Caminhoneiro e o presidente da casa, Wesley Aguiar, que não tem direito a voto, só para compor quorum ou desempatar a votação, votaram contra a representação. O vereador Manuel Diniz, saiu antes da votação e faltaram  a reunião os vereadores Maria Pretinha, que está operada em Santarém e João Paulo Master. Isaac Dias não poderia votar, já que a ação é contra sua pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário