RIO TAPAJÓS

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

LIMINAR GARANTE FUNCIONAMENTO DA ESCOLA MÃO COOPERADORA



Finalmente depois de 15 dias termina o pesadelo de pais e alunos da Escola Mão Cooperadora. A justiça expediu Liminar determinando que o município assuma o funcionamento normal da Escola Mão Cooperadora, sem prejuízo aos alunos matriculados, professores, merendeiras, serventes e a direção da escola.    A decisão está assinada pela juíza Cintia Walker Beltrão Gomes, que no seu despacho fala sobre a doação do terreno para a Mão Cooperadora e que em uma das cláusulas, está explicito que no caso de perder a finalidade para a qual o terreno foi doado, o mesmo deverá ser devolvido ao município. A excelentíssima cita, ainda, que aquela escola alcançou o maior índice de desenvolvimento das escolas do município, nas provas do IDEB-5,2. Hoje estão matriculados naquela escola 526 alunos distribuídos em dois turnos e que as famílias se orgulham e brigam pela  permanência deles naquele educandário. A mão cooperadora funciona ali há 32 anos e sempre atendeu as crianças com ensino gratuito. Sua historia teve como grande baluarte o Pastor Edgar Henke, que conseguiu junto, a famílias alemãs, ajuda para construir o patrimônio que a mão cooperadora possui hoje em Itaituba e região. Os pais dos alunos foram fundamentais durante estes anos de funcionamento da escola, pois sempre participaram ajudando financeiramente, com a construção da quadra, instalações de centrais de ar condicionado e a manutenção da infraestrutura. Sempre que foram chamados para colaborar corresponderam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário