RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 19 de abril de 2012

FRAUDE NO SISTEMA DE INFORMAÇÕES DA EDUCAÇÃO DE ITAITUBA


Uma pratica que já vem sendo realizada algum tempo pelo servidor licenciado do município de Itaituba, Jonilson Costa de Oliveira, foi descoberto esta semana, após a coordenadora do Programa Saúde na Escola ter entrando no sistema.  Foram detectados dois acessos as informações privadas de diretores de escolas municipais e técnicos da secretaria no sistema um consta o nome da professora Eliene Nunes Oliveira, no dia 21 de Fevereiro deste ano e o outro em nome de Jonilson Costa de Oliveira, realizado no dia 30 de Março ultimo. Não se sabe ainda os motivos dos acessos, mas para prevenir algum problema, a Secretária de Educação, professora Lizete de Fatima Lengler Rodrigues procurou a delegacia de policia para fazer um BO, comunicando a invasão no sistema.

Em decorrência de tal fato, eu denunciei na Câmara de vereadores a pratica e pedi providencias da Policia Federal, Ministério da Educação, Ministério Publico Federal e do Ministério Pública Estadual.

 Por outro lado nas buscas realizadas nos programas, foi detectado que desde Julho do ano de 2010, o servidor Jonilson Costa de Oliveira vem manipulando o sistema de educação. Ele acessou várias vezes estes programas para excluir de varias escolas municipais alunos e lotar os referidos alunos na Escola Moranguinho. Com isso a referida escola que estava desativada desde o ano de 2010 foi novamente cadastrada no sistema do MEC pelo servidor Jonilson Costa de Oliveira e com isso a escola passou a receber recursos financeiros do PDDE e do MAIS EDUCAÇÃO. Em 2010 a escola Moranguinho recebeu ilegalmente do PDDE R$ 40.207,00 e no ano de 2011 recebeu R$ 25.675,10 e mais R$3.808,20.

Apesar de o município ter comunicado ao MEC a renuncia do convênio pela referida escola Moranguinho, o servidor do município continuou invadindo o sistema e vários programas da educação, ninguém sabe como ele mantém até hoje senha, já que foi comunicado seu afastamento da secretaria e pedido o cancelamento da sua senha.

Recentemente o Ministério da Educação encaminhou a professora Fátima, sogra de Jonilson Oliveira e diretora na época da escola Moranguinho documento (Guia de Recolhimento) no sentido de a direção da escola recolher ao Ministério os recursos do PDDE e do MAIS EDUCAÇÃO que receberam irregularmente. Até a presente data, a professora Fátima, diz que recolheu os valores recebidos ilegalmente, mas não apresentou o comprovante do recolhimento. Inclusive a professora Fátima esteve com a Secretária de Educação, afirmando que já havia recolhido o dinheiro, porém não apresentou os comprovantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário