RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 1 de março de 2012

ESTADO ATRAPALHA INVESTIMENTO EM ITAITUBA

Empresarios reunidos com secretários.





Secretário Especial de Estado, Sidney Rosa e eu (Peninha).

Assim defini a atuação do Governo do Estado, através da SEMMA-Secretaria de Estado de Meio Ambiente no Município de Itaituba. Está colocação fiz durante o encontro do Secretário Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo a Produção, Sidney Rosa com empresários que estão investindo em Itaituba.

No encontro estavam presentes, representante da BUNGE, CARGIL, HB, FLAGRIL, CIANPORT e CDP, que reuniram com representantes do Governo do Estado para pedir apoio aos projetos que estão sendo implantados no Distrito Municipal de Miritituba, em Itaituba.

Eu (Peninha) em nome do Poder Público critiquei a atuação da SEMMA do Estado que não repassa ao Município a competência para a liberação de licenças ambientais, assim como também de dificultar a liberação de licenças ambientais para projetos em Itaituba. Ressaltei os processos de licença ambientais que tramitam meses na SEMMA com relação às áreas garimpeiras.

Acusei o Estado de ser o responsável pelo impedimento de investimento no Município devido à burocracia e a demora na liberação das licenças. Ao mesmo tempo vejo com tristeza que grandes investimentos estão demorando a ser efetuados ou estão deixando de serem feitos em Itaituba por causa dessa lentidão na liberação das licenças ambientais. Com isso, o município é prejudicado, não havendo geração de emprego e renda para o nosso desenvolvimento.

O Secretário, Sidney Rosa garantiu tomar providências das minhas denuncias, e assumiu a responsabilidade de cobrar da SEMMA a agilidade na liberação das licenças ambientais.

Preocupado com minhas denuncias, Sidney Rosa marcou para dia 14 de março visitar Itaituba, com técnicos do Estado, quando vai reunir com os Prefeitos dos Municípios da Região e empresários para in loco verificar a nossa realidade e encaminhar as soluções para que Itaituba possa gerar grandes investimentos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário