RIO TAPAJÓS

sábado, 14 de janeiro de 2012

POLICIA CIVIL: OMISSA OU CONIVENTE?

Até agora, eu estava calado, sem comentar nada sobre os últimos fatos ocorridos em Itaituba:  assaltos e  assassinatos, mas como cidadão e principalmente como homem público não posso ser igual a policia: omisso e/ou conivente.
Pois bem, o que assistimos  nos últimos dias em todos os canais locais de televisão foram assaltos e assassinatos e explicações, justificativas esfarrapadas por parte dos “homens da lei”, que muitas das vezes chegaram a defender os bandidos, talvez por precipitação ao verem-se obrigados a dar satisfação à sociedade ou por cumplicidade mesmo.
Vamos aos casos: Recentemente vários ladrões de motos e assaltantes foram presos na cidade de Juruti, chegando a sair publicado na imprensa regional um trabalho que poderia ser elogiável, se não houvesse a fragilidade ou conivência da policia civil. No ato da prisão dos bandidos, a policia deveria ter autuado em flagrante e também pedido a prisão preventiva, enquadrando os assaltantes e ladrões de motos ,mas preferiu enquadrar como receptadores de furto ou roubo, o que deixa brechas para o advogado pedir a liberdade após ser paga a fiança arbitrada pelo próprio delegado de policia. Isto foi o que aconteceu na cidade de Juruti. Com isso os assaltantes não ficaram presos nem 24 horas, mesmo sendo encontradas várias motos como prova dos assaltos e roubos. É BRINCADEIRA DA POLICIA CIVIL DE Juruti, que deveria ser investigada pela corregedoria de policia. Omissão ou conivência?.
Isto foi o que veio a provocar uma serie de assaltos e mortes em Itaituba, pois os quatro criminosos que foram presos em Juruti, e em seguida liberados, vieram para Itaituba lisos e passaram a cometer latrocínios .Ao chegarem aqui primeiro assaltaram um taxista, depois tentaram forçadamente levar uma moto, mas seu proprietário reagiu, recebendo um tiro certeiro que lhe ceifou a vida, a partir de então desecandeou uma serie de assaltos e assassinatos que tem apavorado a população de Itaituba.
O mais interessante é que todos esses bandidos são conhecidos da policia, que pela manha prende e a tarde arbitra fiança e os libera.
A Polícia Civil deve comprometer-se com a bandidagem ou com a segurança da população? É bom que se ressalte que na madrugada do crime do mecânico, quem  apreendeu a moto e o revolver foi a policia militar. Na noite do crime, eu estive na delegacia de policia acompanhado do pai da vitima e lamentei que havia ali, vigiando a Delegacia, apenas um senhor,que nem funcionário do estado é . No pátio estavam todas as viaturas e nenhum policial. Será que é esta a policia civil que queremos? Será esta a policia civil que merecemos? Será que essa a polícia civil que precisamos?
Pelo que temos conhecimento, os assaltos e assassinatos são cometidos pelas mesmas figuras, a policia civil sabe quem são, mas finge que não ! Bancando a artista, prende, faz a mídia e em  questão de dias, ou horas, solta os criminosos, e prende os cidadão que por medo, isolam-se em seu lar, privando-se do mundo. Quando não, confecciona um inquérito policial brando e pede a prisão desses bandidos, de modo que devido à fragilidade do processo, serão soltos pela “Justiça” teórica e “Injustiça” real.
Espero que os nossos deputados tomem providencias junto às autoridades estaduais, garantido à nós cidadãos, seres humanos, o direito à liberdade, direito de caminhar livre e destemidamente, fazendo com que a justiça seja de fato JUSTA! Agindo em prol do bem maior, em prol do bem comum de Itaituba, ao invés de agir em prol do bem comum de um grupo minoritário: o grupo criminoso!
Não podemos, como uns e outros, nos omitir, Eu sou um Cidadão por que cumpro com meus deveres, e faço valer meus direitos, se tu ages assim, és tu, assim como eu, um cidadão! Vejo-nos numa situação delicada, tendo que abrir mão do nosso direito à segurança, direito de ir e vir, por que diferente de nós, os criminosos têm o auxílio dos ditos ”homens da lei” e se vêem livres por decisão da “JUSTIÇA”. Abaixo à inversão de valores! Abaixo à Justiça injusta! Para que haja progresso , faz-se necessária a mudança!

2 comentários:

  1. Peninha, a justiça desse pais deixa brechas júridicas vergonhosas que contribuem para o seu descrédito.O corporativismos entre juizes e desembargadores(alguns dos que são venais) é tão hermética que esse jogo sujo de facilidades se torna uma coisa corriqueira...Se a justiça fossé realmente séria a vida do mecãnico teria diso poupada, muita gente estaria ilesa de ser assaltada, porque os mesmos elementos que estão por trás disso já foram presos e surgiram provas concretas de que são bandidos e foram soltos...O nosso código penal é arcaico precisa ser reformulado.E o advogado está fazendo o papel dele de ganhar dinheiro,se a justiça é falha,problema da justiça e do pobre cidadão comum que sofre as sequelas disso.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir