RIO TAPAJÓS

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

AUDIÊNCIA PÚBLICA MARCA CONSTRUÇÃO DE PRIMEIRO PORTO GRANELEIRO EM ITAITUBA

Prefeito Valmir Climaco falando aos presentes.

Foi realizada na tarde desta terça feira a audiência pública de apresentação do projeto da construção da Estação de Transbordo de Cargas de Miritituba (porto graneleiro). A audiência foi presidida pelo representante da Secretaria de Meio Ambiente do Estado, Luiz Flávio Fonseca e contou com a presença de várias autoridades do município, entre elas o Prefeito Valmir Climaco de Aguiar, Eu, vereador Peninha, Promotora de Justiça, Magdalena Torres Teixeira e representantes de entidades sociais. A audiência foi realizada no Ginásio da Escola Nova Integração em Miritituba, Distrito Municipal de Itaituba. Começou ás 17 horas e acabou por voltas das 21 horas.

O Diretor Executivo da Rio Turia Serviços Logísticos Ltda., Kleber Menezes apresentou o projeto da construção da Estação de Transbordo de Cargas de Miritituba. Kleber afirmou que o projeto custará à empresa R$ 40 milhões de reais e a previsão de funcionamento é no ano de 2013. Também o Diretor disse que a empresa que vai construir a estação vai contratar cerca de 200 trabalhadores e quando o terminal estiver operando vão trabalhar cerca de 120 pessoas. Kleber Menezes adiantou que os grãos embarcados nas balsas em Miritituba vão ser transportados até o porto graneleiro de Barcarena, onde será transbordado para os navios que vão levar a mercadoria para a Europa. Neste percurso, Miritituba até o porto de Barcarena, fez questão de ressaltar, vão ser percorridos 1.200 quilômetros nos Rios Tapajós-Amazonas.

Eu, Peninha falando da importância desse Projeto.

Em seguida foi a vez da representante da empresa que elaborou o projeto ambiental a fazer a explanação sobre construção da estação, destacando que o impacto ambiental será mínimo, uma vez que a empresa(Rio Turia) vai ter o cuidado em cuidar da questão ambiental, evitando assim o máximo de agressão ambiental, seja na flora ou na fauna.
Eu, Peninha, falei da importância do projeto, que Itaituba recebe de braços abertos os investimentos, porém temos que nos preocupar com a questão ambiental, geração de emprego e geração de divisas para o Município. Também anunciei que vamos à Câmara de vereadores apresentar um Projeto de Lei garantindo o estacionamento das carretas distante do centro populacional de Miritituba, para evitar congestionamento, assim como também problemas sociais.

Promotora de Justiça Magdalena Teixeira.

A idéia é que distante da Vila (10 quilômetros) seja construído o estacionamento, onde tenha posto de combustível, borracharia, restaurante, hotel, lanchonete, farmácia, casas de peças e outros comércios. Mas que não seja construída naquela área casas residências.


Na audiência quase unânime as pessoas que se pronunciaram falaram sobre a necessidade do empreendedor ajudar a população de Miritituba, com a solução da água potável, saúde, educação, o que foi respondido pelo empreendedor que haverá parceria com o município para ajudar Miritituba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário