RIO TAPAJÓS

quinta-feira, 28 de julho de 2011

PEQUENAS HIDRELÉTRICAS VÃO CUSTAR 160 MILHÕES DE REAIS.



Prefeito Valmir Climaco, Secretário Ivo, eu (Peninha) com meus colegas vereadores e
representantes da empresa CBEMI
Eu (Peninha) falando sobre a implatação das hidrelétricas no Município.
Foi realizada hoje pela manhã, dia 28, no Plenário da Câmara de Vereadores, uma reunião de esclarecimento público sobre a construção das PCHS (Pequenas Hidrelétricas) no Rio Itapacurá, mas precisamente na cachoeira do Codó e do Ébrio. A reunião foi presidida por mim (Vereador Peninha) e contou com a presença do Prefeito Valmir Climaco de Aguiar, Secretário de Meio Ambiente Ivo Lumbrina e dos representantes da empresa CBEMI, responsável pela construção das hidrelétricas e representantes de entidades e comunidades.
Diretor Felipe Lavorato.
A exposição do Projeto foi feita pelo Diretor de Ambiente-Soluções em meio ambiente, Felipe Lavorato. Ele apresentou detalhes do projeto e propostas dos programas ambientais com apoio de data show, sobre a PCH do Codó, o consultor disse que a pequena hidrelétrica terá 12 metros de altura e vai gerar 15 MW. O reservatório vai inundar 2,6 km². Já a hidrelétrica do Ébrio vai ter 14 metros de altura e vai gerar 23 MW, o reservatório vai inundar 8,17 km². O valor das duas PCH.s, vão custar em torno de R$ 160.000.000,00, desses, 30% recursos próprios e 70% serão recursos de parceiros que vão buscar.
Aspecto da reunião.
 Público em geral.
O objetivo da reunião foi para preparar a sociedade para a audiência pública que será realizada em data a ser marcada pela Secretária Estadual de Meio Ambiente em Itaituba, possivelmente em agosto.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário