RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 11 de julho de 2011

ITAITUBA REALIZA IX CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE


Eu (Peninha) presente na Conferência de Saúde.
Nos dias 07 e 08 de julho, foi realizada no ginásio municipal a IX Conferência de Saúde de Itaituba, cujo tema foi “Os Desafios da Saúde Plena”. O encontro foi promovido pelo Conselho municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, e Prefeitura Municipal.
A abertura ocorreu na noite de 07 de Julho e mesmo com os convites distribuídos, infelizmente não contou com o comparecimento em massa da população itaitubense, a maioria dos presentes era formada por agentes de saúde e outros funcionários atuantes nesta área, havia também representantes de comunidades como Penedo, Água Branca, Creporizão, Jardim do Ouro, Creporizinho, Moraes Almeida, e bairros de Itaituba.

Participantes da Conferência.
Na manhã do dia 08 de Julho, a palestrante foi a diretora do 9º Centro Regional da SESPA, Dra. Eliane Caldas de Miranda, que abordou o tema: “Pacto de Gestão”.
No ginásio, assisti a uma discussão entre os coordenadores do evento e os participantes que criticavam a suposta má organização de um evento cujo tema é de importância imensurável e interesse de todos, atribuindo a isso a pouca participação popular.
Acredito, que a causa do desinteresse não tenha sido a má organização ou a não divulgação, haja vista que os temas foram bem discutidos e explanados no evento. Talvez a raiz deste desinteresse esteja mais aprofundada do que se imagina, cheguei a tal conclusão após comparar eventos cujos temas são totalmente diferentes, eventos em que a população paga para CONCORRER a benefícios como em bingos, rifas, etc. contam com apoio popular, mas eventos em que a população GANHA benefícios, como nas conferências de Saúde, não contam com tal participação por que os benefícios não satisfazem a anseios individuais e sim aos anseios da comunidade em geral.  A sociedade não se interessa em participar de discussões que visam melhoras no sistema, deixando de cumprir seu dever, mas quando suas necessidades não são atendidas, cobram do sistema os seus direitos.

Aspecto da Conferência.
Ao fim do encontro foram escolhidas as entidades que indicarão as pessoas que irão compor a diretoria do Novo Conselho Municipal de Saúde. As entidades escolhidas foram: SINDSAÚDE, APAE, API, Comunidade do Creporizão, Bairro da Paz, GAMI, e Pastoral da Criança, que dentro do prazo estabelecido: 30 dias, deverão indicar os nomes de seus representantes que elegerão entre si quem ocupará cada um dos cargos do Conselho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário