RIO TAPAJÓS

segunda-feira, 18 de julho de 2011

EXPEDIÇÃO VAI ATENDER ÍNDIOS MUNDURUCUS


Eu (Peninha) com técnicos da expedição e FUNASA.
 A associação expedicionária da saúde/EDS chegou ao tapajós. Na manhã desta sexta-feira um grupo representando a entidade esteve reunida na aldeia do Mangue para discutir a ação de saúde que deveria ser realizada em novembro em uma das aldeias do alto tapajós (sai cinza ou missão).
 O objetivo da expedição é levar medicina especializada, principalmente atendimento cirúrgico. As populações indígenas que vivem isoladas na Amazônia Brasileira. É um serviço de médico voluntário complementar aos programas de atendimento a saúde e visa evitar o deslocamento, nem sempre viável do doente e sua família até centros urbanos.
 Até abril de 2011, foram realizadas 18 expedições, com o total de 2.512 cirurgias e 13.930 atendimentos. O maior número de cirurgias ocorre entre as especializações de oftalmologia e cirurgia geral, mais também são realizadas cirurgias pediátricas, ortopédicas, ginecológicas, e atendimentos odontológicos.
Aspecto da reunião com tecnicos da expedição.
 Estive na reunião representando o município de Itaituba, uma vez que todas as expedições têm a parceria dos municípios. Também esteve presente a chefe do Dsei Tapajós Angela Regis, e índios da etnia mundurucu e técnicos da FUNASA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário